Main menu

Machu Picchu Viagens e Turismo!

Se maravilhe ao visitar o umbigo do mundo, a cidadela de Machu Picchu e sua extraordinárias trilhas.
Venha experimentar a aventura mais extraordinária em Cusco.
Trilha Inca hacia a cidade perdida dos incas "Machu Picchu"
O famoso «Caminho dos Incas» que une a ciudade de Cuzco com a ciudadela sagrada de Machu Picchu, É só uma parte mínima da gigantesca rede de caminhos incas.

Peru Aventura Peru Cultural Peru Naturaleza

Passagens Aéreas – Promoção Voos

Viagem ao Peru Imperio de Tesoros Escondidos

Viagem a Machu Picchu

Viagem a Machu Picchu


Machu Picchu é simplesmente a atração número um do Peru e talvez da própria América Andina. Desde que a descoberta científica da cidadela inca foi anunciada pelo historiador americano Hiram Bingham em 1911, sua complexa e misteriosa arquitetura encastelada num cenário montanhoso dramático vem atraindo turistas de todo o mundo.
Tanta popularidade levou Machu Picchu, uma das novas sete maravilhas do mundo, a sofrer com o turismo desenfreado e alguns dos preços mais altos do país. Mesmo assim, hordas de turistas desembarcam sem parar nessa antiga cidade inca de pedra, seja pela clássica Trilha Inca ou por trens vindos de Cusco. E motivos não faltam para tamanha determinação. Machu Picchu, que em língua quéchua significa “montanha velha”, está localizada sobre uma montanha de granito e abriga impressionantes construções erguidas com pesados blocos de rocha. Cercado de enigmas a respeito de sua criação e serventia, o local, declarado pela Unesco como Patrimônio Cultural e Natural da Humanidade, está a 112 quilômetros de Cusco e 2.350 metros acima do nível do mar.
Para muitos, é a viagem de uma vida.
Atenção: devido à rápida degradação do sítio, o governo peruano vem limitando o número de visitantes ao local. Para quem viaja com agências, elas providenciarão a reserva para ingresso às ruínas, mas os independentes o deverão fazê-lo com antecedência junto às autoridades.
COMO CHEGAR A CUSCO E MACHU PICCHU
Avião
De Lima para Cusco, há voos diretos pelas empresas Lan, Star Perú, Peruvian, e Taca. O aeroporto Alejandro Velasco Astete fica a menos de 4 quilômetros da cidade. Trilha Inca a Machu Picchu Para alcançar Machu Picchu, uma das alternativas é fazer a pé a Trilha inca. São várias rotas para se chegar ao alto da montanha. A caminhada mais comum é a que leva quatro dias de duração e cruza montanhas como Warmiwañusqa e Runkuraqay, a 4.200 e 3.860 metros sobre o nível do mar, respectivamente. Essas jornadas são organizadas por agências.
A viagem começa em Piskacucho, pequeno povoado localizado no km 82 da ferrovia Cusco-Machu Picchu, a mesma por onde passam os trens que ligam Cusco a Aguas Calientes (Machu Picchu Pueblo). Dali, a caminhada costuma seguir o seguinte roteiro: 1.º dia (sete horas): Piskacucho-Llulluchapampa; 2.º dia (oito horas): Llulluchapampa-Chaquicocha; 3.º dia (sete horas): Chaquicocha-Wiñaywayna; 4º (uma hora e meia): Wiñaywaya – Intipunku.
Quem quiser ver as ruínas de Qoriwayrachina, Waynaq'ente e Machuq'ente deve seguir pela rota que sai do km 88 da mesma via férrea. O viajante que tiver menos tempo disponível pode realizar o roteiro de dois dias, que começa no km 104.
Trem a Machu PIcchu
Esse é o meio mais popular para se chegar a Machu Picchu. O serviço é operado pela Peru Rail (www.perurail.com) e pela Inca Rail (www.incarail.com). Cada empresa oferece três opções de trem todos os dias entre Cusco e Aguas Calientes, com distintas categorias e preços.
A Peru Rail, por exemplo, tem o Vistadome, uma viagem de pouco mais de três horas em vagões com janelas e teto panorâmicos; o Expedition, voltado para mochileiros; e o Hiram Bingham, um serviço luxuoso da Orient Express que inclui refeições a bordo, transporte até a cidadela de Machu Picchu, acompanhamento de guia e um chá da tarde no Machu Picchu Sanctuary Lodge, o único hotel localizado na região de Machu Picchu.
Uma vez em Aguas Calientes, o visitante deve caminhar 700 metros até a entrada do sítio ou tomar um dos ônibus que sobem até o local. Procure sair no primeiro horário para poder aproveitar o atrativo sem pressa. As tarifas para o trecho Cusco-Machu Picchu custam S/. 162,40 (Expedition), S/. 205,90 (Vistadome) e S/. 868,55 (Hiram Bingham). Recomenda-se reservar com antecedência.

Inkaland Group Agencia de Viagens e Operador Turístico.

Oferecemos passeios no Peru, incluindo caminhadas e expedições, programas de turismo alternativo, turismo arqueológico, rafting, cavalgadas e passeios na selva. Somos um equipa simpática composto por um grande equipe de pessoas altamente qualificadas, que gentilmente vai organizar uma viagem surpreendente para você. Vamos dar-lhe delicadamente as melhores opções para a sua viagem ao Peru. Viagem ao Peru e toda a América Latina com Inkaland Grupo.

TRILHA INCA CLASSICA 4DIAS TREK A MACHU PICCHU

Trilha Inca Clásico 4 dias / 3 Noitess - Caminho Inca a Machu Picchu.

camino inca a machu picchu Esta é a rota mais popular e caminhada por centenas de visitantes todos os dias. Esta fabulosa trilha inca classica de 4 dias começa no Piscaycucho (Km 82 Cusco - Machu Picchu) percorremos no trajeto muitas ruínas incas, Runcuracay, Pacaymayo, Runcuracay, Sayacmarca, Puyupatamarka, Wiñaywayna e outros.
Mais Informação.

Venha para fazer a trilha Inca clássica de 4 dias 3 noites e visite Machu Picchu!

TRILHA INCA CURTA 2DIAS TREK A MACHU PICCHU

Trilha Inca Curto 2 dias / 1 Noche - Caminho Inca a Machu Picchu.

Trilha Inca  a machu picchu Este é um percurso menos árduo e começa no 104 km da ferrovia Cusco a Machu Picchu. O caminho sobe até Wiñay Wayna onde se junta a fase final da caminhada Clasica de 4 dias, de Wiñay Wayna a caminhada continua hacia Intipunku e descemos à cidadela de Machu Pichu.
Mais Informação de Trilha Inca Curta.

Venha para fazer a trilha Inca curta de 2 dias 1 noite e visite Machu Picchu! .

TRILHA SALKANTAY 5 DIAS TREK A MACHU PICCHU

Trilha Salkantay 5 dias / 4 Noches - Camino Inca a Machu Picchu.

Trilha  Salkantay a machu picchu A caminhada espetacular que passa por baixo da montanha sagrada o nevado de Salkantay Apu (Montanha Deus) era adorada pelos incas e ainda é homenageado pelos agricultores existentes. A trilha começa no povoado de Mollepata, logo nos dirigimos para nevado de Salkantay com rumo a Machu Picchu.
Mais Informação de Trilha Inca Salkantay.

Venha para fazer a trilha Salkantay Trek de 5 dias e visite Machu Picchu!

Fale Conosco!

Desde já obrigado por entrar em contato conosco.
A Inkaland Group S.A.C. está preparada para te ajudar da melhor forma a encontrar o melhor roteiro que você precisa para sua viagem ao Perú.
Entre em contato conosco através de uma das formas abaixo, ou preencha o formulário.
Machu Picchu Viagens Travel Agency tour Operator Partner of Inkaland Group SAC
Urb Ttio G1-9 (Wanchaq)
Cuzco, Peru
Correio:
Telefone: 51 84 984 903434
Fax: 51 84 236154

Formulario de contato

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Pais

Sua mensagem

captcha

Favor de agregar nuestra dirección de correo electrónico a sus contactos para evitar que lleguen a su bandeja de entrada de correo no deseado.

Machu Picchu Cuzco – Peru

Machu Picchu (em quíchua Machu Pikchu, "velha montanha")

Machu Picchu é uma ruína inca localizada na Cordilheira dos Andes, no Peru e um dos destinos mais populares entre os viajantes independentes na América do Sul. Está encravada na área mais inacessível dos Andes, escondida dentro da floresta tropical e construída com uma localização geográfica privilegiada. Você conhecerá tambem a charmosa Águas Calientes, cidade que serve de apoio logístico ao Santuário Histórico e que lhe proporcionará uma noite de puro sossego. O mercado de artesanato da pequena cidade é um dos mais importantes centros de exposição e comercialização de produtos artesanais da região de Cusco.
Machu Picchu é, sem, dúvida, o símbolo da civilização inca para o turismo internacional. A estrada real inca por onde transitavam peregrinos e oficiais autorizados do imperio em direção à Cidade Sagrada era "a Trilha Inca". A excursão por esta estrada andina é realmente uma experiência fascinante e inesquecível. Venha Fazer Parte desta Viagens e Conheçer Machu Picchu.
Não é de admirar que Machu Picchu é o local mais visitado do Peru. Datado de meados do século XV, a cidade é uma maravilha de arquitetura de calcário sem qualquer argamassa pousada sobre um alto planalto bem no meio da selva da Amazônia. Você pode chegar lá pegando um trem em Cuzco ou, se não tiver coração fraco, fazer a viagem a pé por uma trilha durante vários dias—você vai viajar através de profundas ravinas andinas e aproveitar as vistas deslumbrantes.

Huayna Picchu Cuzco – Peru

Huayna Picchu (Wayna Picchu)

Machu Picchu, Peru
O Huayna Picchu è aquela montanha mais alta que aparece nas classicas fotografias de Machu Picchu, cujo topo està a 2700 metros acima do nivel do mar ou a 360 metros acima das ruinas de Machu Picchu. Mas a dificuldade da coisa nao se limita à escalada nessa altitude e num terreno ingreme e escorregadio.
O problema maior è que apenas 400 pessoas por dia estao autorizadas a subir no Huayna Picchu, entao o mais dificil è conseguir vaga de ingresso a Huaynapicchu dos 400 por dia, pois os ingressos sao vendidos antecipadamente em duas turmas de 200 vagas para a primeira as 7:00 AM e 200 vagas para segunda as 10:00 AM.
Escolher melhor a turma das 10h porque toda Machu Picchu pode estar recoberta de neblina e eu iria me matar – ou melhor, mataria o marido – se eu tivesse que subir tudo aquilo pra nao ver nada! Aproveitamos para visitar Machu Picchu vazia enquanto esperavamos nosso horario de escalar a montanha e ás 10h em ponto comecou o meu suplicio, quero dizer, o passeio.
Levamos pouco mais de uma hora para chegar ao topo, contando as muitas paradas estrategicas para tomar agua, respirar e tirar fotos. Nao é dificil subir Huayna Picchu, o problema é que os “degraus” escavados na rocha sao muito irregulares e muito ingremes e cansa bastante. Mas é só ir devagar e parando pelo caminho que até uma sedentaria e fresca como eu consegue.
A vista lá de cima é bem bonita e as ruinas que ficam no topo sao interessantes, mas sinceramente nao achei que a relacao custo-beneficio valha a pena. É muito cansaco pra pouco aproveitamento. O marido, é claro, tem uma opiniao bem diferente da minha. Pra ele, a escalada valeu muito, adorou tudo, foi impressionante, um must do, etc, etc, etc…
No final das contas, acho que o grau de satisfacao com Huayna Picchu será diretamente proporcional ao preparo fisico de quem o escala. Provavelmente eu teria adorado o lugar, se nao estivesse com a lingua de fora e com medo de escorregar o tempo todo.
Huayna Picchu: Não desista. A subida é longa, mas vale cada momento lá em cima. Apesar do sacrifícioem acordar cedo, foiótimo comprar ingressos para a primeira turma. Pudemos aproveitar com calma o parque depois. Tire muitas, muitas,mjuitas fotos. Não estava em forma e a subida foi tranquila e segura. O ínicio da descida é um pouco tenso, mas vi grupos de idosos tirnado de letra! Mizawa - SP
Huayna Picchu: Vc tem que ir neste lugar antes de morrer...É cansativo, ainda mais para quem não tem preparo físico (eu). A subida do Wayna Picchu é super difícil, quando fui tinha chovido, então as pedras ficam bem escorregadias. Iris - SP
Huayna Picchu: Dica: tênis/bota de trilha é muito útil, fui de tênis comum e escorreguei demais!
Huayna Picchu: Quando você chega ao topo, não acredita de tão maravilhosa que é a vista. A cidade perdida dos Incas pousada sobre o topo da montanha, vista de cima, é algo único, inesquecível.
Huayna Picchu: A descida é bem difícil também, e dá muito medo pois vc fica cara a cara com o abismo! Incrível!!
Huayna Picchu: Simplesmente um dos lugares mais deslumbrantes que já estive. A medida em que fica mais alto, a vista vai ficando mais bonita. No topo da montanha, tem-se uma vista perfeita de Machu Picchu. Antes de subir estava preocupado com a subida, mas subindo com calma e parando aos poucos é possível subir sem problemas (meu pai de 61 anos e sedentário subiu em menos de 2 horas). Guillerme - SP
Huayna Picchu: Vista impressionante. Subida forte e cansativa, leva mais ou menos uma hora pra chegar lá no alto. Algumas ruínas ao longo do caminho. Lá em cima não tem nenhum mirante ou algo parecido, as pessoas meio que se espremem no pequeno espaço, mas mesmo assim vale a pena. Luiz - Curitiva
Huayna Picchu: É cansativo, ainda mais para quem não tem preparo físico (eu). A subida do Wayna Picchu é super difícil, quando fui tinha chovido, então as pedras ficam bem escorregadias. Dica: tênis/bota de trilha é muito útil, fui de tênis comum e escorreguei demais!
Huayna Picchu: Quando você chega ao topo, não acredita de tão maravilhosa que é a vista. A cidade perdida dos Incas pousada sobre o topo da montanha, vista de cima, é algo único, inesquecível.
A descida é bem difícil também, e dá muito medo pois vc fica cara a cara com o abismo! Incrível!!
Huayna Picchu: Vale muito a pena subir o Wayna Picchu.Pela experiência,pelo caminho, pela beleza,pelo esforço e sobretudo a maravilha que se vê da subida,do seu cume e por estar lá.Recomendo muito,mesmo eu sendo uma pessoa que tem medo de altura, sendo que achei mais fácil de superar do que eu imaginava e o esforço físico também foi menor do que eu esperava.Vá. Adolicir
Huayna Picchu: Uma caminhada pela trilha inca até o topo do 2700m do Huyana Picchu. Foram 1h45 até o topo, nao foi fácil, extremamente sacrificante a subida. Lá em cima a sensação de ter conseguido, juntamente com ruínas espetaculares. A começo da descida é dedar medo, pois a escadaria é muito inclinada e obviamente sem corrimão. É preciso muita atenção para nao haver acidentes sérios. Esteja preparado fisicamente para subir até lá e desfrutar de um vista única de Machu Picchu. Leonardo - SP